Advogado detido a mando de Lewandowski diz que foi filiado ao PT

Telegram

Em entrevista ao Jornal do Commercio, o advogado Cristiano Caiado de Acioli, detido no avião a mando de Ricardo Lewandowski, diz que foi filiado ao PT:

“Já fui filiado ao PT, fui fiscal do partido e carreguei a bandeira em época de eleição. Fui a favor de Lula, votei em Dilma e agora escolhi Bolsonaro. Meu posicionamento é o Brasil, meu partido é o país.”

É o mesmo partido de Lewandowski, decerto.

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Entenda AQUI

 

Comentários

  • REVOLTADO -

    Queimou o currículo!

  • Marcelo -

    Muitos dos não imbecis já o foram até passado recente.

  • Cristina -

    Já foi... do verbo não é mais....

Ler 132 comentários