ACESSE

Advogado insiste em prisão domiciliar 'humanitária' para Maluf

Telegram

O advogado de defesa de Paulo Maluf comentou a decisão do juiz Bruno Macacari de adiar por dez dias a definição sobre o pedido de prisão domiciliar do deputado.

Segundo o advogado, o juiz agiu “de maneira técnica, responsável e consciente do grave caso que está para ser decidido”.

“A defesa (…), no entanto, insiste e reclama, com o respeito devido, que toda esta justa e correta discussão poderia se dar com o dr. Paulo, em caráter preventivo e humanitário, em prisão domiciliar à espera da decisão final”, acrescentou.

Humanitário é devolver aos pobres o dinheiro público que o velho ladrão roubou.

Comentários

  • Alcivaldo -

    Existe roubo humanitário?

  • Paulo -

    Tem que ficar na cadeia!

  • DURA -

    Esse bandido já passou diversos fim de ano no conforto, com o dinheiro roubado dos cofres públicos. Nada mais normal de ficar na prisão os anos que lhe resta. Essa é a justiça dos homens. A outra, ele vai enfrentar depois.

Ler 69 comentários