Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Advogado pede HC ao Supremo para impedir prisão de Pazuello na CPI da Covid

Na ação, ele diz que o ex-ministro da Saúde tem sido tratado com covardia e que 'está suportando todo peso estatal das decisões'
Advogado pede HC ao Supremo para impedir prisão de Pazuello na CPI da Covid
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Um advogado do Rio, que não defende oficialmente Eduardo Pazuello, apresentou hoje ao Supremo um habeas corpus para impedir que ele seja preso durante seu depoimento, no próximo dia 19, na CPI da Covid.

Na ação, o advogado Rafael Mendes de Castro Alves disse que a comissão deveria investigar os repasses bilionários do governo federal para estados e municípios e não “constranger politicamente” o ex-ministro da Saúde, tratado, segundo ele, com “covardia” pelos senadores.

“Apesar de não merecer, [Pazuello] está suportando todo peso estatal das tomadas de decisões do cargo público que ocupava mesmo em meio as incertezas científicas existentes em todo mundo sobre como e quais seriam as melhores práticas no combate a essa doença”, afirmou.

Ele também pede o direito de Pazuello ficar em silêncio, ser auxiliado por advogado e se retirar da sessão se for ofendido. Ainda não foi sorteado um relator para analisar o pedido no Supremo.

Como mostramos, a Advocacia-Geral da União também prepara um habeas corpus em favor do ex-ministro da Saúde.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO