Advogado do PT diz que condução coercitiva representa 'medo, susto'

Thiago Bottino, advogado do PT, ocupa a tribuna do STF para dizer que condução coercitiva de investigado representa "intimidação, medo, susto, com a finalidade de criar situação de desamparo psicológico, de reduzir sua resistência para dificultar o exercício do silêncio, de abrir mão de não se incriminar".

Comentários

  • Brasil -

    Como bem diz Jair Bolsonaro, bandido só respeita o que teme.

  • Marlene -

    Claro! E não há como ser de outro modo. Quem pratica ilícitos se sujeita a esses vexames.

  • Justiniano -

    Os inocente e que não devem a justiça não tem medo e não sentem desamparo psicológico. Isto explica que tudo isso comprova pela lógica que todos estão implicados nos crimes aludidos. O inferno devem estar lotado de advogados a começar pelo Thomas Bastos (mago das trevas do PT), e que inferno lhe seja tenebroso e apavorante.

Ler 21 comentários