Advogado que criticou Supremo na mira da PF

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, avisou Ricardo Lewandowski que foi aberta investigação sobre o advogado Cristiano Caiado de Acioli, que disse que o Supremo é uma vergonha.

Segundo o Conjur, a Polícia Federal também vai apurar se Acioli colocou em risco a segurança do voo no qual abordou o ministro do STF.

Após a discussão e a ordem de Lewandowski para prendê-lo, o advogado protestou no avião.

Comentários

  • Guispan -

    Vamos aproveitar para realizar manifestações de apoio ao advogado e pedir o impedimento do infame Lewandowski.

  • CarlosGomes -

    O corporativismo está evidente Esse STF assim como outros órgãos públicos do primeiro escalão estão podres e fedem Qual a justificativa real para que o advogado Acióli tenha sido preso?

  • Mario -

    Jungmam vc também é uma vergonha!!!!

Ler 497 comentários