Advogados contestam votação para vaga de desembargador em Brasília

Telegram

Um grupo de advogados pediu à Justiça para suspender a votação, aberta ontem, para formação da lista de 6 candidatos a desembargador a ser enviada pela OAB ao TJ do Distrito Federal.

Apontam duas irregularidades: a pré-seleção de 12 nomes pela cúpula da seccional do DF; e a candidatura de Christianne Dias Ferreira, diretora da Agência Nacional de Águas, impedida de exercer a advocacia.

Mais de 30 mil advogados de Brasília estão aptos a participar da votação, que termina às 18h. O grupo que foi à Justiça diz que todos deveriam escolher livremente para formar a lista sêxtupla.

ODEBRECHT: VINGANÇA EM FAMÍLIA E NOVAS REVELAÇÕES PARA A LAVA JATO. CONFIRA

A lista de seis nomes será depois reduzida pelo TJ-DF a três, submetida então a Jair Bolsonaro para a escolha final.

Comentários

  • Fabricio -

    O Brasil não tem jeito. Em todo lugar tem falcatrua.

  • Luiz -

    a OAB é uma arapuca de bandidos.

  • SPA -

    Puxa , não sabia que Brasília tinha tanto advogado . Será que tem "serviço "pra todos ?

Ler 12 comentários