Advogados se articulam para pedir ao CNJ afastamento de Bretas

Um grupo de advogados está se articulando para ir ao CNJ pedir o afastamento de Marcelo Bretas, o juiz da Lava Jato no Rio, informa Bela Megale em O Globo.

A mobilização –que surpresa!– começou depois da deflagração da Operação E$quema S, que investiga supostos desvios do Sistema S feitos por escritórios de advocacia.

Nesta quarta (9), conforme publicamos, a PF cumpriu ontem 50 mandados de busca e apreensão, cujos alvos incluíam Frederick Wassef, advogado de Jair Bolsonaro, Cristiano Zanin e Roberto Teixeira, advogados de Lula.

Os advogados também pretendem acusar Bretas de “ilegalidades” supostamente cometidas em outros processos, como o que determinou a prisão de Michel Temer.

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: bolsonaristas e petistas juntos contra a proposta de prisão de condenados em segunda instância
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 92 comentários
TOPO