ACESSE

Aécio segue com foro privilegiado

Telegram

“Denunciado por supostas propinas de 65 milhões de reais, que teriam sido pagas há dez anos, o deputado federal Aécio Neves, do PSDB, segue com foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal”, diz a Crusoé.

“Em decisão recente, o ministro Edson Fachin também manteve na corte a competência para julgar os operadores do tucano, que nunca tiveram um mandato eletivo. O despacho acolheu pedido da subprocuradora-geral, Lindôra Araújo.”

Os assinantes da Crusoé (se quiser assinar, entre nesta página, por favor) podem ler a matéria completa aqui.

Leia mais: O PGR age para blindar Bolsonaro? Clique aqui para ler na íntegra

Comentários

  • JOSÉ -

    Esse cara tem que ser punido, EXEMPLARMENTE. Aliás, o único "senão" do Moro foi aparecer conversando com esse CANALHA......

  • Nina -

    Lindôra também é uma nulidade. Qualquer frequentador de bar já discute sobre o que está errado no âmbito jurídico melhor que a vice-PGR. Esse governo é uma nulidade.

  • Rosa -

    Olha pra que serve o foro privilegiado. Um absurdo!

Ler 45 comentários