Agamenon: o Brasil tá pegando fogo! Tragam mais gasolina!

Agamenon: o Brasil tá pegando fogo! Tragam mais gasolina!
Agamenon/O Antagonista

Que saudades eu tenho do antigo anormal, quando eu somente era pobre e miserável. Hoje, para voltar a ficar abaixo da “linha da pobreza”, a minha vida ainda vai ter que melhorar muito. Bons tempos aqueles em que, quando tinha eleição americana, o jornal O Globo me mandava como enviado especial para cobrir o pleito, mesmo sem falar uma palavra de inglês,  o que não era nenhum “pobrema” porque os gringos também não sabiam falar português. Hoje, O Globo não passa de um encarte de propaganda da CAOA. E a Globo? A televisão mal completou 70 anos, e a TV Globo já sofre de Alzheimer galopante: se esquece de tudo, não reconhece mais ninguém, faz xixi na calça e acha que o presidente da República é o Garrastazu Médici. Uma lástima. Para se informar é preferível alguma outra coisa com a marca Globo, talvez seja melhor comprar um saco de biscoitos de polvilho na praia. Doce ou salgado.

O pior é que a comunidade onde resido, a Rua da Amargura s/n, está cada vez mais lotada. Esta semana mesmo, o casal ex-global Glória Menezes e Tarcísio Meira estacionou o seu Audi 2001 importado e não enferrujado, enferrujado, ao lado do meu Dodge 73, enferrujado. Os dois recém desempregados agora vão curtir a aposentadoria forçada aqui nessa perigosa vizinhança cheia de jornalistas da Terceira Idade que são obrigados a viver da coleta de impostos e das ervas silvestres que aqui são mato. A título de boas-vindas, a Isaura, a minha patroa, levou uma cesta básica para o casal e ofereceu ao Tarcísio uma “provinha” da sua famosa rabada. O geronto galã, guloso, devorou a iguaria dizendo que o sabor lembrava o finado Mazzaropi, que, apesar de caipira, também praticava a culinária do interior.

Agora só falta a Globo demitir o ator ursão Tony Ramos. A direção da emissora só não manda pra rua o  ator ursão pois isso pode ser considerado crime ambiental. Junto com a Cláudia Ohana, Tony Ramos é um símbolo da exuberância da hiléa capilar  brasileira. Outro dia um incauto esqueceu um charuto acesso dentro da Mata Atlântica da Cláudia Ohana, ocasionando um incontrolável incêndio. Graças à coragem dos homens do Corpo de Bombeiros (e suas mangueiras indomáveis)  o fogo da atriz pôde ser controlado.

O fato da semana, sem dúvida, é a fala do presidente Jair Messias Bolsossauro, na ONU (Organização Não Utilizável) que acusou o mundo de cristofobia. Vejam só, desta vez o Messias resolveu pegar Jesus para Cristo, colocando na conta do Salvador a culpa pelos incêndios nas matas  e mamatas brasileiras. Na verdade, essa ONU é uma palhaçada, coisa de comunista. O Eduardo Bozonaro, o zero-dois, já disse que para fechar a ONU basta um cabo, um sargento, um jipe e quinze mísseis nucleares intercontinentais de longo alcance. Mas eu sou um desocupado e otimista incorrigível. Mesmo com tanta desgraça acontecendo , já dá pra gente ver , agora no fim do mês , a conta de luz no fim do túnel…

*Agamenon Mendes Pedreira é jornalista enviado especial à PQP.

Leia mais: Esta é a leitura obrigatória para você entender, em primeira mão, o que vai acontecer daqui até a sucessão presidencial
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO