Agências acusadas de pagar propina devolverão R$ 53 milhões

Foram divulgados agora há pouco detalhes do acordo de leniência firmado entre AGU, CGU, MPF e as agências de publicidade Mullen Lowe e FCB.

As duas agências, acusadas de pagar propina para obter contratos com órgãos públicos, terão de ressarcir o erário em R$ 53 milhões. A maior parte dos valores será devolvida à Caixa (R$ 39,4 milhões) e à Petrobras (R$ 7 milhões).

 

Comentários

  • UM -

    Elas deveriam devolver o dinheiro e nunca mais poder trabalhar para o governo federal. Como exemplo para as outra 10 mil agencias que tem no Brasil e que poderiam muito bem fazer o trabalho que essas empresas corruptas voltaram a meter a mão. AGU E CGU estão dando um péssimo exemplo para sociedade. Afinal não existem só essas empresas existem milhares honestas esperando uma oportunidade para trabalhar .

  • -

    Algum político foi preso? Tudo o que acontece no judiciário de Brasília tem "arranjo".

  • Fernando -

    Devem ter roubado bem mais.

Ler 6 comentários