ACESSE

A agenda privada de Gilmar Mendes

Telegram

Gilmar Mendes foi ao casamento de sua enteada com passagens pagas pelo STF.

O Valor perguntou-lhe se ele “considerava correto, do ponto de vista moral, o uso de verba do STF para custear viagem com o propósito de participar de um evento de sua agenda privada”.

Ele não respondeu.

Comentários

  • Tony -

    É evidente que alguma excelência perguntada desta forma terá de se abster de responder: Se disser sim, poderá ser impedido, pois fere qualquer princípio de moralidade, qualificação mínima para ser excelência. Se disser não, será impelido a devolver aquele pouquinho que conseguiu juntar ao seu já minguado salário, comparável a trabalho escravo.

  • Verdade -

    Projeto de lei urgente precisa ser aprovado. Ministros do supremo não podem ser indicados por políticos nem ter autorização do congresso, câmara ou senado para ser afastado ou julgado. Competência deve ser transferida para o próprio judiciário. Precisamos evoluir.

  • Oh -

    Ele tem que ser colocado em seu devido lugar! Ele recebe para julgar imparcialmente os processos que chegam em suas maos! E ele faz tudo menos isso, nem um pouco imparcial, amigo dos amigos bandidos! Passou do ponto aceitavel!

Ler 246 comentários