AGNELO PACHECO REPASSOU 9 MILHÕES A PEPPER

No inquérito da nova fase da Operação Acrônimo, obtido por O Antagonista, a Polícia Federal registra mais de R$ 9,2 milhões em repasses da agência Agnelo Pacheco para a Pepper.

A ‘Agnelo’ obteve contratos nos ministério da Saúde, das Cidades e no Turismo por influência de Fernando Pimentel. A Pepper serviu para repassar a propina, ocultando sua origem em contratos públicos.

Fernando Pimentel é a prova viva do mal que faz à Justiça o foro privilegiado.