Agnelo tem os bens bloqueados

O ex-governador do Distrito Federal, o petista Agnelo Queiroz, e mais cinco pessoas acabaram de ter os bens bloqueados pela Justiça, no limite de 37,7 milhões. Motivo: irregularidades no contrato de publicidade para a realização de uma prova de Fórmula Indy em Brasília.