Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Agora denigrem o homem público que trouxe 9 de cada 10 vacinas"

“Agora denigrem o homem público que trouxe 9 de cada 10 vacinas”
Foto: Governo do Estado de São Paulo

João Doria, depois da lambança no anúncio da ButanVac — ele disse que o imunizante era “100% brasileiro” e, depois, teve que ajustar a narrativa –, recebeu, nos últimos dias, apoios de correligionários de São Paulo.

O secretário-chefe da Casa Civil do estado, Cauê Macris, por exemplo, disse o seguinte:

“O Brasil escreve a página mais triste da sua história, em um momento em que os mesmos fanáticos que aplaudiram e incentivaram a invasão de hospitais e agressão de enfermeiros agora denigrem o homem público que trouxe 9 de cada 10 vacinas que são aplicadas e luta para que o país tenha a sua própria vacina.”

Leia mais aqui sobre o impacto da ButanVac na pretensão política do governador de São Paulo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO