Vale paga ao governo R$ 14 milhões pela tragédia em Brumadinho

Vale paga ao governo R$ 14 milhões pela tragédia em Brumadinho
BRUMADINHO, MG, 27.01.2019: BARRAGENS-MG - Equipes de resgate fazem buscas por desaparecidos na região de Brumadinho (MG), após o rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão. (Foto: Cristiane Mattos/O Tempo/Folhapress)

A Advocacia-Geral da União (AGU) fechou um acordo para que a Vale devolva aos cofres públicos R$ 14 milhões. O valor é referente aos gastos que a União teve durante o rompimento de barragem em Brumadinho (MG), que completa um ano no próximo sábado (25/01).

O dinheiro foi pago de forma integral no dia 17 de janeiro, mas o acordo extrajudicial foi divulgado hoje. Entre nessa conta despesas com combustíveis de carros e aeronaves, com materiais de resgate de pessoas e bens, com materiais para análise de metais e com diárias de servidores mobilizados para o local da tragédia.

A tragédia de Brumadinho causou 259 mortes, e cerca de 500 pessoas perderam parentes, casas, empregos, documentos e objetos pessoais. O rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão liberou 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos, e é considerado num dos maiores desastres humanos e ambientais da história do Brasil.

Carluxo vai levar? Saiba mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 9 comentários
TOPO