AGU volta a defender inquérito aberto por Toffoli

Mesmo após a censura à Crusoé e a O Antagonista, a Advocacia Geral da União defendeu, de novo, o inquérito aberto por Dias Toffoli para investigar supostas ameaças e ofensas aos ministros do STF.

Desta vez, o órgão opinou na ação da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) que busca impedir investigações sobre membros do Ministério Público críticos às decisões do STF.

André Mendonça considera que não há provas que eles seriam alvos.

Censura à Crusoé: "É perversão da ética do direito" Leia mais

Na manifestação enviada ao STF, também entendeu não ver problemas na designação de Alexandre de Moraes como relator, por designação e não sorteio; e que, com o inquérito, o STF não terá poder para apresentar denúncia, mas somente investigar.

Comentários

  • DOMINGOS -

    Onde está o Bolsonaro q

  • Carlos -

    AGU x PGR. Qual será mesmo o motivo?

  • Serena -

    Classe de arrogantes prepotentes. Se acham os donos da verdade e vida dos brasileiros. Nunca a população esteve tão abandonada. Só trabalham para defender seus polpudos salários.

Ler 206 comentários