Ainda sobre a sede do BB

Citada no post sobre o estranho negócio envolvendo a nova sede do Banco do Brasil em Brasília, a Tishman Speyer Brazil Investments é subsidiária do grupo americano de incorporação imobiliária, um dos maiores players globais do ramo.

No Brasil, ela é representada por Daniel Cherman.

Por que uma incorporadora americana pegaria dinheiro emprestado aqui?

Faça o primeiro comentário