Ajuda, Bolsonaro

Ajuda, Bolsonaro
Foto: Alan Santos/PR

Jair Bolsonaro disse a apoiadores que o novo coronavoucher será mais modesto do que o anterior:

“Fizemos um acordo de, se não me engano, R$ 42 bilhões para mais quatro parcelas de média de R$ 250. Por que média? Porque tem a história de mãe solteira, não sei o quê, então varia. Vai variar de R$ 150 a R$ 300 e poucos. É pouco? Eu preferia ter isso aí do que não ter nada. Quantos de nós temos emprego e fazemos um bico, ganhamos R$ 300 a mais e ajuda?”

Com 20 mil parcelas, em 1.666 anos, dá até para comprar mansão.

Leia mais: Pois é, nada mudou da esquerda para a direita.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO