A ajuda de Bolsonaro ao PSDB

A nomeação de Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura é uma boa notícia para o PSDB.

Igor Gadelha, da Crusoé, lembra que o primeiro suplente da parlamentar é o deputado tucano Geraldo Resende, do Mato Grosso do Sul.

Clique AQUI para ler a íntegra da nota.

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Flávio disse:

    Os políticos trabalham pelo Brasil ? Por seus partidos ? Para eles próprios ? O Sistema é eterno ?

Ler comentários
  1. João disse:

    Estes próximos 4 anos vão ser maravilhosos para você , não Jairo ???

  2. Valdir disse:

    Não foi uma ajuda, é apenas consequência do ato!

  3. Alexandre disse:

    Enquanto Alckmin, Aécio, Azeredo e Serra não forem expulsos do PSDB, a imagem deste partido permanecerá ruim e imutável.

  4. Cesar disse:

    Puxadinho do Serra e Temer vai continuar, povo burro continuam votando em ladrões e ainda apoiam

  5. Ricardo disse:

    O PSDB é um bom partido. Pena que simplesmente não funciona. Acho interessante tentar ajudar os tucanos a melhorarem, mas se falhar que joguem o partido no lixo.

  6. Rogerio disse:

    Não se deve confiar e partido socialista, pois são alinhados e seguem a mesma agenda do PT, PSOL, PCO, PCdoB..., PSDB é o PT dissimulado PSDB é FHC, Serra, Aécio...

    1. A velha guarda e muitos dos seus caciques são fabianistas, mas também tem deputados de centro, produtores e ruralistas. O PSDB é ruim, mas tem alguns bons nomes também. Não devemos generalizar.

  7. Maria disse:

    Quem é esta dona Teresa Cristina? Nunca ouvi falar dela! Será que é amiga do Aécio?

    1. Do Llulladrão, o Condenadão, e da Dillmentirosa não é!!!

  8. Nasrallah disse:

    Perguntinha básica: por ser mulher, a ministra um salário menor do que os outros ministros?

  9. Joao disse:

    Quem pensa que Bolsonaro não sabe fazer política de situação não deve entender a complexidade de sua eleição. Antropológica, econômica, psicológica, linguística, ontológica, mística, geop

  10. Almanakut disse:

    E que os tucanos empalhados voltem para o armário!