Ajufe contra-ataca em defesa de Moro

Roberto Veloso, presidente da Ajufe, disse ao Radar:

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá todo o direito de defesa assegurado pela Constituição no processo penal que agora foi instaurado contra ele. No entanto, ninguém no Brasil pode se furtar à jurisdição criminal por ter exercido cargo público ou por exercer cargos públicos. Todos, independentemente de cargos, devem se submeter à jurisdição.”

É um contra-ataque aos “doutores” de Lula, que ontem voltaram a falar em “parcialidade” de Sérgio Moro.

Faça o primeiro comentário