ACESSE

Alckmin e a coligação da dinheirama

Telegram

A coligação de Geraldo Alckmin vai abocar 48% do 1,7 bilhão de reais de dinheiro público destinado a campanhas eleitorais, informa a Folha.

Desse dinheiro, 43 milhões já estavam previamente destinados pelo PSDB à campanha presidencial. Obviamente, será muito mais.

As instituições brasileiras continuam funcionando.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 48 comentários