Alckmin é a “Hillary Clinton do Brasil”

A Eurasia disse que Geraldo Alckmin é a “Hillary Clinton do Brasil”.

Em outras palavras: ele está fadado à derrota.

O relatório da Eurasia, reproduzido pelo site InfoMoney, diz que Geraldo Alckmin “seria visto pelos eleitores como um político tradicional em uma eleição definida pela oposição ao establishment”.

 

17 comentários

  1. Mas, como o sistema eleitoral brasileiro é diferente do americano, com o número de votos que o povo americano deu a Hillary (muito maior que o número de votos obtidos por Trump), Alckmin seria eleito com uma boa folga. Não??
    Faltou a Eurasia analisar esse “pequeno” detalhe.

  2. Dória não seria a Hillary, a fadada a ganhar, e que levou uma sova de Trump?
    Alckmin não seria um reles pré-candidato fadado a perder já nas “prévias” tucanas?
    Lula não seria o sparring ideal para todos eles?
    Bolsonaro não seria o Trump, o fadado a perder, guardadas obviamente as devidas proporções e características locais?

  3. “Abelardo Barbosa, está com com tudo e não está prosa… Ó Teresinha, ó Teresinha, é um barato o cassino do Chacrinha [bis]”
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/05/1776586-brasil-faz-com-que-a-campanha-nos-eua-pareca-boa-diz-cientista-politico.shtml
    p.s. – Trump É presbiteriano.

  4. Por incrível que pareça, o Alckmin teria mais chance na próxima eleição, tem que tirar uns quatro anos sabáticos. É um bom homem público, comparando-se com o que tá aí.

  5. Vocês estão errados: Quem já disse que é totalmente Hillary foi…Dória. Aliás o partido democrata, está indo pro buraco em meio a tantos escândalos e erros estratégicos.

  6. Inesquecível o segundo turno da eleição de 2006 pousando abraçado ao Garotinho e fantasiado de funcionário público pra conseguir a proeza de ter menos votos que no primeiro turno. Dois tiros no pé logo depois de rivalizar com Lula. Realmente um gênio do marketing tabajara. Insuperável! Voto em qq um, mas no picolé de chuchu nunca mais.

  7. E o BOLSONARO é o nosso TRUMP!
    👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

    É Bolsonaro no primeiro turno contra o COMUNISMO no Brasil.

    GO BOLSONARO!

  8. A população brasileira está cansada dos políticos de carreira. A rejeição não exclui ninguém, ainda que o sujeito seja um “santo”. Penso que será mais viável uma candidatura nova, de preferência fora da política. Como isso não é possível, vamos ter que escolher dentre esses “novatos” que estão aí se apresentando: Doria, Bolsonaro, Haddad (nem tão novato), Bernardinho (???). Há alguns parlamentares que estão quietos mas que também sonham: Caiado, Magno Malta e Álvaro Dias, por exemplo. E tem os que querem mas não têm qualquer chance como Ciro Gomes, por exemplo.

    1. Não começou. Ele já está desconstruído nacionalmente desde a eleição de 2006. Perdeu a grande chance de ganhar do “chefe”. Está bem que São Paulo é o maior colégio eleitoral do país mas ninguém se elege ganhando em SP e no Sul. É preciso ganhar folgadamente no Centro Sul e fazer um bom percentual nos demais estados para ganhar uma eleição. Não é tarefa fácil hoje pra nenhum político, nem pro Alckmin.

  9. Ah! Tá bom! Então porque esta eurasia diz vira verdade? Ou este é o desejo do Antagonista tungado? Calma aí…. antagonista, nada de direcionamentos hein!! Senão, vcs serão apenas ANTAS

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.