Alckmin não 'avisou' que deixará PSDB

O ex-governador de São Paulo tem se movimentado nos bastidores para tentar se cacifar no partido
Alckmin não avisou que deixará PSDB
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Conselho do Agro, que reúne as entidades do setor agropecuário, realizam encontro com candidatos à Presidência da República. Participa, Geraldo Alckmin (PSDB)

Geraldo Alckmin não “avisou” aliados que deve deixar o PSDB para se candidatar ao governo de São Paulo.

O tucano ainda pretende ser candidato pelo partido em 2022. Ele tem até abril do ano que vem para decidir sobre seu futuro na legenda e tem se movimentado nos bastidores para tentar se cacifar no PSDB. 

Alckmin quer aproveitar o momento de enfraquecimento interno de João Doria.O governador aposta na candidatura de Rodrigo Garcia, seu vice, que trocou o DEM pelo PSDB. Caso não consiga se candidatar pelo partido, Alckmin tentará a candidatura por outra legenda. Há mais de um partido disposto a recebê-lo.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO