Alckmin segue linha do PT e ataca promotor

Geraldo Alckmin seguiu a linha de Fernando Haddad e atacou Ricardo Castro, o promotor que ajuizou ação de improbidade administrativa contra o tucano.

Para o ex-governador paulista, “transformar as ações do Ministério Público em atos políticos não é compatível com o estado de normalidade democrática que vivemos hoje no Brasil”.

Clique AQUI para ler a íntegra da reportagem de Igor Gadelha em Crusoé.

Comentários

  • Marçal -

    Não lembro de ver em qualquer lugar alguém dizendo: Sim sou culpado. kkkkkkkkkk

  • claudio -

    Vagabundo! Se vc estava no poder até meses atrás, como ele iria te processar? Agora abriu caminho e o MP paulista doutrinado, perdeu o chefe mor. Por isso do 'timing', entendeu?!

  • Erigilson -

    Não pode misturar as coisas. O que é permitido é misturar o que pertence ao Estado de São Paulo e de outros aos seus bens.

Ler 63 comentários