Alckmin também é “bom de trair”

Henrique Meirelles é o candidato “bom de trair”, como disseram emedebistas à Crusoé.

Geraldo Alckmin também se revelou “bom de trair” pelo Centrão.

No Nordeste, muitos candidatos do Centrão só trazem o 13 do PT nos santinhos — e, como noticiamos, outros tantos já preparam uma debandada para o lado de Bolsonaro.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. O Centrão já está preocupado em se reeleger, por isso estão abandonando o barco e colando em Lula e Bolsonaro para se reelegerem, pois do jeito que está, o Congresso todo será renovado. Aí a pr

    1. Eles estão captando o grito da população por Bolsonaro! E aí, já sabe! Não vão continuar agarrados a um “Chuchu insosso”! Cada um vai tentar garantir sua vaga, ainda que pareça prostituta de

Ler mais 20 comentários
  1. O Centrão já está preocupado em se reeleger, por isso estão abandonando o barco e colando em Lula e Bolsonaro para se reelegerem, pois do jeito que está, o Congresso todo será renovado. Aí a pr

    1. Eles estão captando o grito da população por Bolsonaro! E aí, já sabe! Não vão continuar agarrados a um “Chuchu insosso”! Cada um vai tentar garantir sua vaga, ainda que pareça prostituta de

  2. Não abandono #ALKMIN45😘🌼JAMAIS! além de ser um EXCELENTE GESTOR é ótima pessoa , capaz e honesto! Não gosto de radicais(PT e PSL), são irracionais e irredutíveis(ditadores)!temo pelo Bras

    1. Você tem todo o direito de afundar com o navio, ora bolas. Agora, pare de sonhar com essa ideia de que o Santo é honesto. Ele é CORRUPTO e ou prevaricador.

  3. Coitado de O Antagonista. Como não consegue emplacar uma – “prisões do Lula”, golpe do Janot, Luciano Huck e, agora, O Amoêdo – busca vingancinhas terceirizadas para compensar a inépcia…

  4. Na carreatas do nordeste, e eu fui numa delas, o que mais tinha era combinação de candidaturas de deputados estaduais e federais, de outros partidos, com a foto e o nº 17 de Jair Bolsonaro.