Alcolumbre anuncia votação da independência do Banco Central para 3 de novembro

Davi Alcolumbre marcou para 3 de novembro a votação de dois projetos relacionados ao Banco Central.

O PLP 19/2019, de autoria do senador Plínio Valério (PSDB-AM), prevê a independência do BC, com mandatos intercalados da diretoria com os do presidente da República. O presidente do BC também perderia o status de ministro.

O PL 3.877/2020, do senador Rogério Carvalho (PT-SE), permite que o Banco Central remunere os depósitos voluntários das instituições financeiras.

Nesta quarta-feira (21), o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), articulava a votação do projeto que dá autonomia ao Banco Central.

Leia mais: Deputados federais custam R$ 189 mil por mês aos pagadores de impostos; senadores, ainda mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários
TOPO