ACESSE

Alcolumbre pede bandeira branca, mas Bolsonaro diz que excessos 'vêm de lá'

Telegram

Em reunião nesta tarde, Davi Alcolumbre pediu a Jair Bolsonaro que pare de “esticar a corda” e levante “bandeira branca”, em um sinal de pacificação entre os Poderes.

Bolsonaro, no entanto, não concordou. “Os excessos vêm de lá”, disse, em referência ao STF.

O encontro, no gabinete presidencial, durou cerca de 40 minutos. Estavam presentes também Paulo Guedes e Fernando Azevedo e Silva.

Segundo fontes que acompanharam a reunião, Alcolumbre disse a Bolsonaro que, se ele continuar “dobrando a aposta”, o Congresso terá sempre de se posicionar, o que atrasa os trabalhos na Câmara e no Senado.

O convite para a reunião partiu de Alcolumbre, no fim desta manhã. Bolsonaro aceitou à tarde. Rodrigo Maia também foi convidado a participar do encontro, mas preferiu não ir ao Palácio do Planalto.

Leia também: GOVERNO X STF

Comentários

  • Rosemary -

    Meu Deus do Céu: ele o Alcolumbre não percebeu ainda!!! que não vai ter bandeira de nenhuma cor???? Ou os 3 poderes se juntam e tiram este homem que é tudo de ruim ou ele vai nos tirar!!!

  • -

    STF é ditadura pura

  • Rafael -

    Eu não sei quem manda, mas fato é que o Bolsonaro não manda mais.

Ler 236 comentários