Alcolumbre pede investigação de fraude na eleição do Senado

Davi Alcolumbre pediu que o corregedor do Senado, o tucano Roberto Rocha, apure a fraude na eleição da Mesa Diretora, no último sábado, informa a Agência Brasil.

Na votação para a presidência da Casa, estavam presentes os 81 senadores, mas foram colocados 82 votos na urna, com duas cédulas fora dos envelopes.

O processo foi anulado, e Alcolumbre foi eleito em um segundo pleito.

Este é um convite à indignação. Veja aqui!

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 45 comentários
  1. Fraude ou erro, pois, quem diz que não se pode ter colocado duas células lá um em branco e a outra com voto; ou duas em branco, ou as duas com voto. Quem errou foi quem deu duas cédulas ao senador

  2. Já existe video circulando em que o senador Jean Paul Prates (PT – RN) sugerindo ao Presidente do Senado que destrua as cédulas logo para ninguém ver os votos, no que imediatamente atendido.