Alcolumbre quer fazer irmão prefeito de Macapá

Telegram

Davi Alcolumbre, presidente do Senado, atua como cabo eleitoral do irmão, candidato à Prefeitura de Macapá neste ano.

José Samuel Alcolumbre, conhecido como Josiel, é o primeiro suplente do senador e costuma acompanhar o irmão em agendas oficiais. No ano passado, esteve, por exemplo, no Supremo Tribunal Federal (STF) em reunião entre o presidente do Senado e Dias Toffoli. Também participou de uma visita de Hamilton Mourão, vice-presidente da República, ao Congresso. Sempre que pode, Davi leva o irmão a tiracolo e faz questão de apresentá-lo como “futuro prefeito de Macapá”.

No plenário do Senado, Josiel é visto com frequência sentado em cadeiras reservadas para os senadores. Flávio Bolsonaro, que fez campanha para Davi chegar ao comando do Senado, já posou para fotos com Josiel.

CAMBALACHO DE LULINHA, DE EIKE BATISTA... ATÉ QUANDO? SAIBA MAIS AQUI

A candidatura do irmão de Davi rompe a aliança da família com a Rede de Randolfe Rodrigues. Josiel tem costurando um amplo arco de apoios. Falando em nome do irmão, diz que “Brasília nunca esteve tão atenta a Macapá” e, assim, conquista vereadores, prefeitos, deputados estaduais e federais.

Se eleito, a missão de Josiel — filiado ao DEM desde 1992 — será pavimentar o caminho para que Davi concorra ao governo do Amapá em 2022.

O candidato a prefeito é empresário da comunicação. Dirige a TV Bandeirantes em Macapá e o Jornal Aqui Amapá. Também preside o Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do estado.

Josiel sempre coordenou as campanhas do irmão. Na corrida presidencial de 2014, foi também o coordenador da campanha do tucano Aécio Neves no estado.

Em artigo publicado no fim do ano passado, Josiel confirmou sua candidatura. “Como bom filho de Macapá, tenho que ouvir e respeitar esta cidade que é minha casa, meu lar, uma mãe para mim”, escreveu.

Nesta semana, quando Davi Alcolumbre usou avião da FAB para participar dos festejos em comemoração à fundação de Macapá, Josiel escreveu em suas redes sociais que “a cidade chega aos 262 anos num clima de união e força em Brasília”, porque “pela primeira vez na história, temos um amapaense presidindo o Congresso Nacional”.

Ele continuou, na mensagem:

“O Presidente (assim mesmo, com letra maiúscula) Davi, hoje, lidera a bancada, e consegue liberar recursos federais que são importantes para a nossa capital e para todo o Estado.”

Na semana passada, O Antagonista noticiou aqui que, por ordem de Davi, a TV Senado vai gastar R$ 57.080 para serviços de manutenção e fornecimento de peças novas para o transmissor da transmissão em Macapá.

Comentários

  • antonio -

    Mais um peba para arrancar nosso dinheiro......

  • Wanderlei -

    Assim se propaga mais uma praga na política.

  • mara -

    Povo de Macapá pense 2 vezes antes de votar. Se um Alcolumbre já é um desastre 2 será a catástrofe. Reflitam! !!

Ler 54 comentários