ACESSE

Alcolumbre quer votar cinco MPs em menos de duas semanas

Telegram

Davi Alcolumbre avisou aos senadores que até o próximo dia 21 pretende pautar somente a votação de Medidas Provisórias.

Cinco MPs já tiveram seu prazo prorrogado e perderão validade se não forem votadas até a data estipulada pelo presidente do Senado (veja quais são abaixo).

Alcolumbre tentará votar, portanto, cinco MPs em menos de duas semanas: não é algo fácil. Alguns senadores acreditam que há risco de medidas caducarem.

Ontem, sem acordo, como noticiamos, a votação da Medida Provisória 927, que flexibiliza leis trabalhistas durante a pandemia da Covid-19, acabou sendo adiada.

Eis as MPs pendentes no Congresso e com risco de caducar:

MP 924 – abre crédito extraordinário em favor dos ministérios da Educação e da Saúde, no valor de R$ 5.099.795.979,00.

MP 925 – dispõe sobre medidas emergenciais para a aviação civil brasileira em razão da pandemia da Covid-19.

MP 926 –  dispõe sobre procedimentos para aquisição de bens, serviços e insumos destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus.

MP 927 – dispõe sobre as medidas trabalhistas em meio à pandemia.

MP 928 – dispõe sobre acesso à informação e revogação de suspensão do contrato trabalhista durante a emergência de saúde pública.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Sou -

    Esse filhho de uma puuta vai querer fodder com Brasil e com o governo mais uma vez e onerar as contas do contribuinte. Batoré&Botafogo logo voltarão ao plenário a ser congressistas ridículos que são.

  • Marcia -

    Cadê a derrubada dos vetos do PL 873/20 nessa pressa toda? O prazo tb expirou em 14/05! Brasileiros sem nada, senhores!!!

Ler 2 comentários