ACESSE

ALEGANDO 'REDE DE FAKES', FACEBOOK DERRUBA 196 PÁGINAS E 87 CONTAS PESSOAIS

Telegram

A página do Movimento 200, do empresário Flávio Rocha, não foi a única que o Facebook tirou do ar. Em nota, a empresa disse que desativou 196 páginas e 87 contas pessoais.

A alegação é de que esses perfis fariam parte de uma “uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas no Facebook, e escondia das pessoas a natureza e a origem de seu conteúdo com o propósito de gerar divisão e espalhar desinformação”.

Embora o comunicado não identifique os supostos fakes, muita gente real está questionando a medida. Além de Flávio Rocha, também foi alvo da medida Renan Santos, um dos líderes do MBL (Movimento Brasil Livre) – que surgiu na esteira dos protestos de rua de 2013.

“Derrubaram meu perfil pessoal, que eu nem uso para me manifestar politicamente. É um absurdo esse tipo de censura”, disse a O Antagonista. Ele explica que outras 10 páginas ligadas ao MBL também foram canceladas.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 88 comentários