Alerj homenageia ministros evangélicos de Bolsonaro

Alerj homenageia ministros evangélicos de Bolsonaro
RIO DE JANEIRO,RJ,21.10.2019:ALERJ-REUNIÃO-SOLTURA-DEPUTADOS-PRESOS - Vista da Alerj no Rio de Janeiro (RJ), nesta segunda-feira (21), após reunião para decisão de soltura dos deputados. Na votação de hoje, 5 votos foram favoráveis a soltura e 2 não. (Foto: jose lucena/Futura Press/Folhapress)

Os ministros André Mendonça e Milton Ribeiro serão homenageados pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Mendonça assumiu a pasta da Justiça no fim de abril. Ribeiro chegou ao Ministério da Educação neste mês.

Aos dois, em data a ser definida nos próximos dias, será conferida a Medalha Tiradentes, a maior honraria do legislativo fluminense.

A responsável pela indicação é a deputada estadual Rosane Felix (PSD), que é da Assembleia de Deus. A parlamentar justificou a homenagem, entre outros argumentos, pelo fato de os ministros serem “pastores presbiterianos, conhecidos por suas posições discretas e conservadoras”.

“Os ministros André Mendonça e Milton Ribeiro possuem respeitadas carreiras profissionais, com condutas marcadas pela ética e pelo combate à corrupção, além de serem grandes defensores dos valores da família e dos princípios conservadores. Por tudo isso, são merecedores do reconhecimento.”

No ano passado, a ministra Damares Alves, que também é evangélica, recebeu a Medalha Tiradentes, após indicação da mesma deputada.

Mais lidas
  1. PDT acusa Bolsonaro de peculato por compra de leite condensado

  2. Justiça Federal suspende distribuição da vacina de Oxford em Manaus

  3. Moraes manda Oswaldo Eustáquio para prisão domiciliar

  4. Deputados vão ao TCU para que Bolsonaro explique gastos com comida

  5. "O notório negacionista"

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 53 comentários
TOPO