Alesp aprova 'trem da alegria' que custará R$ 1 bi aos cofres públicos

Telegram

O plenário da Assembleia Legislativa de SP aprovou hoje em segundo turno a PEC 05, que equipara o teto salarial do funcionalismo público do Estado ao dos desembargadores do Tribunal de Justiça, informa Fausto Macedo.

A iniciativa, do petebista Campos Machado, beneficia pelo menos 4.000 servidores e deve impactar em até R$ 1 bilhão os cofres do estado em quatro anos –segundo os cálculos do Sindicato dos Agentes Fiscais de Renda, que apoia a PEC.

Após a aprovação da Alesp, o projeto será automaticamente promulgado e passará a vigorar. Não depende da sanção de Márcio França.

HOje, o teto do funcionalismo público é equiparado ao salário do governador, de R$ 21,8 mil. Já os desembargadores do TJ ganham R$ 30 mil.

Comentários

  • Sônia -

    Todos os dias os políticos provam que pagamos impostos demais. TODOS os políticos (municipais, estaduais e federais), vivem em estado constante de 'Trem da Alegria". TODOS os dias, há alguma medida tomada por eles que agride o cidadão de bem. Estão de COSTAS para a população. São incapazes de governar. Só sabem fazer agrado com o chapéu alheio. A única medida LEGISLATIVA que conseguem é AUMENTAR SALÁRIO do funcionalismo. Está mais que na hora de se BAIXAR os impostos. Não temos mesmo nada que nos favoreça (conservação de estradas, bons hospitais, segurança, etc, etc). Se nessa crise estes senhores todos os dias dão aumento de salários e outras regalias, vejam a que chegamos nesses anos todos de pouca vigilância - São privilégios (que agora dizem ser direito adquirido) que quebraram o País.

  • José -

    Desafio os antagonistas e os proprietários de empresas do Simples Nacional a colocarem aqui quanto ganham de salário + direito de imagem + retirada de lucros e quanto pagam de IRPF para deixar claro onde está o verdadeiro trem da alegria....

  • Catzilla -

    A população deveria ir a Alesp, e dar uma boa surra nestes irresponsáveis vagabundos.

Ler 62 comentários