Alexandre Soares Silva: O formulário oficial do racista

Alexandre Soares Silva: O formulário oficial do racista
Foto: Divulgação

Em sua coluna na Crusoé desta semana, Alexandre Soares Silva sugere o envio de um formulário a celebridades que façam “confissão pública de racismo”, como Paola Carosella, Bruno Gagliasso e Fabio Porchat.

“Pensando na próxima celebridade ou subcelebridade que queira confessar publicamente que é racista, e não querendo que a confissão seja vaga e pouco informativa (e portanto pouco pedagógica), pensei num formulário que a pessoa poderia responder junto com a confissão. (…)

1) Quais raças, exatamente, você odeia?

2) Por que, apesar de não querer achar, você acha que a sua raça é
superior? Essa crença que você confessa ter e da qual quer se livrar envolve superioridade física, intelectual e moral, ou só uma dessas três áreas?

3) Já que é impossível que você seja racista sem que isso jamais tenha se manifestado na sua vida profissional, quais as pessoas, e de que raça, você prejudicou profissionalmente? (Dê os nomes das pessoas prejudicadas, data e circustâncias do ato e, se possível, nomes e RGs de pelo menos duas testemunhas do que você fez.)

4) Já que é impossível que você tenha crenças racistas sem que isso jamais tenha se manifestado na sua vida pessoal e pública, quantas pessoas você já insultou, prejudicou ou desprezou na sua vida pessoal por motivo de cor de pele? (Nomes e RGs.)

5) Caso você tenha dito que é racista num momento de empolgação, e depois de ter pensado um pouco chegou à conclusão de que na verdade não é racista, o que você acha que causou o impulso de dizer que era? Você está bem? Você acha que pode sofrer de carência excessiva? De onde vem a sua necessidade de chamar a atenção?”

LEIA AQUI a íntegra da coluna; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO