Alguém tem que defender a PF

Em entrevista ao Roda Viva, o delegado Alexandre Saraiva explicou por que apresentou notícia-crime contra Ricardo Salles
Alguém tem que defender a PF
Foto: Reprodução / GloboNews

“Eu tinha que defender a PF, era minha obrigação, eu era superintendente. Eu tinha 50 homens nomeio da selva para uma operação que estava sendo criticada pelo ministro do Meio Ambiente. Inconcebível”, disse Alexandre Saraiva.

Ele também disse que detesta “gente hipócrita” e criticou quem afirma que “a Amazônia está cheia de soja”.

Questionado se pretende entrar para a política, Saraiva disse que seria sua “última trincheira”, pois como delegado “tem muito mais poder”. “Posso fazer acontecer na hora.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO