ACESSE

As alianças "simbólicas" de Marina

Telegram

Sem a adesão de outros partidos até agora, Marina Silva apostará em coligações simbólicas: com movimentos que pregam renovação política, registra a Folha.

“Agora!, Acredito, Brasil 21 e Frente Favela Brasil estão entre os grupos que o entorno da ex-senadora considera peças importantes na candidatura. São, na visão da equipe, alianças não convencionais.”

Ou, como disse Marina no evento de ontem da CNI, “alianças com a sociedade”.

“Até o dia 4 de agosto [data da convenção da Rede], temos bastante tempo. Nenhum candidato definiu nem vice nem alianças”, amenizou ela.

A Rede conversa com legendas pequenas, como PHS, PMN, PPL e Pros, mas internamente, segundo o jornal, já há resignação com a hipótese de que não seja fechada nenhuma coligação.

Sozinha, Marina terá apenas 8 segundos de tempo de TV.

Leia também:

Marina cogita usar tempo de TV para anunciar redes sociais

A Rede sem laços de Marina

Comentários

  • Marcello -

    Ela ainda é minha esperança contra os dois malucos que estão aparecendo mais, o saudoso da ditadura e o sabotador da economia, mas tá complicado. Frente favela é dose...

  • EDMAR -

    MARINA VC JA ERA! NENHUM MOVIMENTE COM ALGUMA CREDIBILIDADE SERA SEU ALIADO!

  • Marino -

    Parafraseando Enéas: "Meu nome é MARINA" (Melancia). Vai trabalhar, Marina Melancia. Ela é um único caso de pseudo-verdadeiro PT. Acaba com o país num upa.

Ler 13 comentários