“Alpiste” de 5 milhões de reais para Cunha

Joesley Batista pagou 5 milhões de reais a Eduardo Cunha, depois que o peemedebista foi preso.

O dinheiro era o saldo final de uma conta de propina de 20 milhões de reais.

Ricardo Saud disse que o dinheiro para os presos Cunha e Lúcio Funaro era chamado de “alpiste”.