Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Alvaro Dias critica Reforma do IR: "Desorganiza o sistema tributário"

Líder do Podemos sugere que projeto aprovado pela Câmara seja apensado à reforma tributária mais ampla que está em tramitação no Senado
Alvaro Dias critica Reforma do IR: “Desorganiza o sistema tributário”
Foto: Pedro França/Agência Senado

O líder do Podemos no Senado, Alvaro Dias, disse a O Antagonista que a chamada reforma do Imposto de Renda, cuja votação foi concluída ontem na Câmara, como noticiamos, “desorganiza o sistema tributário”.

O texto ainda será analisado pelos senadores.

“Não é uma reforma. Eu defendo que esse projeto seja apensado à PEC da reforma tributária ampla que tramita no Senado. Ou fazemos uma reforma ampla ou esperamos o próximo governo. Chega de remendos a essa colcha de retalhos, que desestimulam o empreendedorismo e, por consequência, a criação de empregos”, afirmou o senador.

Dias ponderou que ainda não discutiu o tema com a bancada, mas já antecipou seu voto contrário ao texto aprovado pelos deputados.

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou a este site que “agora é observar com lupa o texto, para enxergar as maluquices introduzidas pelos deputados”.

O texto-base da proposta foi aprovado na Câmara na noite da última quarta-feira (1). Ontem os parlamentares aprovaram um destaque, apresentado pelo Republicanos, que reduz de 20% para 15% a tributação dos lucros e dividendos.

Analistas do mercado financeiro têm dito que a tal reforma do IR foi feita de forma açodada e sem estimativas claras sobre os impactos financeiros.

De acordo com os cálculos do economista Sergio Gobetti para o Comitê Nacional de Secretários Estaduais de Fazenda (Comsefaz), publicados pelo Estadão, o projeto preparado pela equipe de Paulo Guedes previa um aumento de arrecadação de aproximadamente R$ 12 bilhões, enquanto o texto que saiu da Câmara tem um rombo líquido de R$ 41,1 bilhões para União, Estados e municípios.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO