Álvaro Dias: “O Brasil acordou mais feliz”

Álvaro Dias, pré-candidato do Podemos à Presidência da República, comemorou a decisão de ontem do STF sobre o HC de Lula:

“A voz das ruas prevaleceu. Resultado apertado, mas o que importa é a vitória da Justiça sobre a impunidade. Temos que comemorar. O Brasil acordou mais feliz.”

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. O comunista Álvaro Dias virou arroz de festa.
    Ficou lá no Congresso olhando o tempo passar na janela durante os 13 anos da ORCRIM no poder e não fez nada. Colocou o cabo eleitoral da Anta – Fachin – no STF, foi isso q ele deu de retorno a seus eleitores durante o seu mandato.

Ler mais 19 comentários
  1. O comunista Álvaro Dias virou arroz de festa.
    Ficou lá no Congresso olhando o tempo passar na janela durante os 13 anos da ORCRIM no poder e não fez nada. Colocou o cabo eleitoral da Anta – Fachin – no STF, foi isso q ele deu de retorno a seus eleitores durante o seu mandato.

  2. Será senador precisamos de senadores que não deixe passar juízes como estes que estão hoje no supremo totalmente com viés politico e a culpa disso são nossos senadores que sempre dão amém as porcarias que o governo manda pra lá, será que um Toffoli, Levandoki teria condição de estar no supremo. Senador tenha coragem e peça o impeachment desses abutres como Gilmar Mendes que abandona o Brasil para se promover em Portugal isso já é um grande delito, não se importando com o que acontece aqui.

  3. Amigos antagônicos,passou hoje no jornal hoje que a defesa de lula e o pt vão procurar órgão para reverter a decisão do supremo,por acaso existe estância depois do supremo?o que esses caras ptralhas tem na cabeça?

  4. Terror à vista
    MST Promete invadir prédios aos gritos de ‘é porrada! é guerra!’
    O dirigente do Movimento Sem Terra (MST) Alexandre Conceição declarou, após o voto da ministra do STF Rosa Weber que vai ocupar “todos os prédios públicos” e “todas as terras”, com “porrada, guerra e luta
    http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=98645999690

  5. Sr senador, gosto e respeito a sua opinião. Mas precisamos não nos entorpecer, com o que ocorreu ontem. Ainda não vencemos nem a batalha, quanto mais guerra. Temos muito ainda a combater. Somente quando retirarmos do poder – de todas as instâncias estes , estes comunistas/socialistas poderemos respirar um pouco melhor. Ainda há muito para o brasileiro brigar e se defender.