Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Tentativa de transferir responsabilidades não absolve Bolsonaro"

O senador Alvaro Dias disse que o presidente da República "tumultuou o processo e comprometeu a eficiência da gestão da pandemia"
“Tentativa de transferir responsabilidades não absolve Bolsonaro”
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Como registramos mais cedo, Jair Bolsonaro acusou o STF de ter mentido em uma nota divulgada ontem a respeito de uma decisão, de abril do ano passado, sobre a imposição de medidas restritivas contra a Covid.

O presidente afirmou que “o Supremo, na verdade, cometeu crime”.

O senador Alvaro Dias, líder do Podemos, comentou com O Antagonista:

“Nesse caso, o STF foi cirúrgico: interpretou a legislação ao decidir que a ‘competência é concorrente’ na gestão da pandemia [entre a União e os estados e municípios]. E a competência maior é da autoridade superior, ou seja, do presidente.”

O parlamentar acrescentou:

“Bolsonaro abdicou dessa competência, não exercitou liderança, se omitiu, não coordenou, não interagiu, não comandou a conexão entre as unidades da Federação e desperdiçou a oportunidade de organizar um verdadeiro mutirão no combate ao novo coronavírus.”

E mais:

“Certamente milhares de vidas perdidas seriam salvas. Mas Bolsonaro politizou a pandemia e transferiu responsabilidades. Tumultuou o processo e comprometeu a eficiência da gestão da pandemia. Essa tentativa de transferir responsabilidades não o absolve.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO