Alvo fácil

Segundo o jornal A Crítica, de Manaus, um explosivo foi lançado contra a Cadeia Raimundo Vidal Pessoa, onde estão os mais de 200 presos ligados ao PCC, depois do massacre de ontem.

A explosão não deixou feridos e não se sabe se o atentado, cometido por dois homens em uma moto, foi ordenado pela FDN.

De qualquer modo, se alguma facção está interessada em liquidar o PCC do Amazonas, já sabe onde procurar.

Faça o primeiro comentário