Ambev cobra ‘medidas imediatas’ do Carrefour

Ambev cobra ‘medidas imediatas’ do Carrefour
Foto: Google Maps

A Ambev publicou neste sábado em sua conta do LinkedIn uma nota na qual cobra do Carrefour “medidas imediatas e efetivas” contra o racismo.

A fabricante de bebidas afirmou que estar em luto pelo “assassinato brutal de João Alberto Silveira Freitas” e que não tolera “qualquer ato de racismo ou violência”.

“Para todos nós, nossos funcionários e a comunidade negra, a tristeza, frustração e medo gerados por atos recorrentes de violência como este são profundos e pessoais.

Estamos comprometidos a ajudar a criar mudanças positivas e um mundo onde a diversidade e o respeito sejam a norma”.

Afirmou ainda que assume “o compromisso inegociável de promover a equidade racial em todo o nosso ecossistema, o que inclui os nossos parceiros, clientes e fornecedores, e estamos prontos para trabalhar junto com eles para promover mudanças estruturais com urgência.”

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 89 comentários
TOPO