Amigão de Lula no hospital

A Época informa que Sérgio Moro autorizou José Carlos Bumlai a tratar-se no Sírio Libanês, em São Paulo.

Serão 36 sessões, três por semana, para o tentar conter o câncer na bexiga.

Mas Moro não amolece: condicionou a autorização à prorrogação da prisão domiciliar de Bumlai, que expira no dia 19.

Faça o primeiro comentário