Amigo da família Bolsonaro, Torres mirava Justiça desde crise com Moro

Amigo da família Bolsonaro, Torres mirava Justiça desde crise com Moro
Foto: Reprodução, Twitter de Anderson Torres

Antes de ser anunciado como o novo ministro da Justiça nesta segunda-feira, 29, Anderson Torres já havia ido outras vezes às pressas ao Palácio do Planalto em momentos de turbulência do governo, relata Fabio Leite na Crusoé.

Em nenhuma delas Torres, secretário de Segurança do DF, escondeu o desejo de virar um dos subordinados de Bolsonaro. Ele divergiu publicamente de Sergio Moro na época em que o ex-juiz comandava a Justiça.

LEIA AQUI a íntegra da reportagem; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO