ACESSE

Amigo de Moro pede à PGR que não reabra caso de doleiro sem 'provas novas'

Telegram

O advogado Carlos Zucolotto, amigo de Sergio Moro, pediu a Augusto Aras que não retome as negociações para acordo de colaboração com o doleiro foragido Rodrigo Tacla Durán sem a existência de provas novas.

Tacla Durán acusou Zucolotto de ter pedido US$ 5 milhões para facilitar um acordo com a Lava Jato. A própria PGR investigou o caso e o arquivou por falta de provas, em 2018.

Leia AQUI a reportagem de Fabio Serapião e Luiz Vassallo na Crusoé.

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 86 comentários