ACESSE

Amoêdo diz que, se eleito, não vai morar em residências oficiais

Telegram

João Amoêdo, candidato à presidência pelo Partido Novo, disse que, se eleito, não vai morar em residências oficiais.

“Tem três coisas que eu quero fazer logo no início: a primeira coisa é dar o exemplo, que a gente vai para lá para cortar privilégios, cortar benefícios. Então, é não morar em palácio, não usar cartão coorporativo, não usar o avião da FAB para coisas pessoais e reduzir assessores.”

O candidato disse também que pretende montar uma equipe enxuta de ministros.

“Não mais do que 12, que de fato vão fazer a diferença.”

Comentários

  • waldemar -

    Deus nos ajude que sempre tenhamos presidentes eleitos com recursos, quem nao tiver, mal conseguira chegar a Brasilia.. Amoedo flerta com o populismo... mas eh financiado pelo maior banco do pais..

  • Patrono -

    Isto é demagogia barata. Um presidente de um país principalmente do tamanho do nosso, não responde por ele, mas por toda a nação e é obrigado a cumprir uma série de protocolos de segurança .

  • nena -

    Ih! Amoedo, essa ingenuidade-populista pegou mal. More no Alvorada que sai mais barato do que montar novo castelo; é bem provável que ainda reste algumas panelas por lá após a era lula/marisa-dilma.

Ler 172 comentários