Anderson Torres anuncia novo diretor da PF

Anderson Torres anuncia novo diretor da PF
Foto: Assembleia Legislativa de São Paulo

Anderson Torres acaba de anunciar o nome do novo diretor-geral da Polícia Federal: Paulo Maiurino.

“Agradeço ao Dr. Rolando Souza pelo período em que esteve à frente da Direção-Geral da Polícia Federal. Iniciamos hoje o processo de transição do cargo para o Dr. Paulo Maiurino, a quem desejo felicidades nessa função importante no Ministério da Justiça”, postou Torres no Twitter.

Ele também anunciou o novo chefe da Polícia Rodoviária Federal: o inspetor Silvinei Vasques, que substituirá Eduardo Aggio.

Terceiro diretor-geral da PF no governo Bolsonaro, Maiurino atualmente assessora o presidente do STJ, Humberto Martins, no Conselho da Justiça Federal. Chefia o setor de Segurança Institucional do órgão.

Até setembro do ano passado, ele trabalhou como secretário de Segurança do Supremo Tribunal Federal, durante a gestão de Dias Toffoli.

Antes, era subsecretário de Inteligência da Secretaria de Segurança do governo de Wilson Witzel. No estado, integrou o Conselho de Segurança Pública.

Maiurino também foi secretário de Esporte, Lazer e Juventude do governo de Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo e ocupou a pasta de Acompanhamento de Relações Institucionais de Segurança Pública na gestão Márcio França.

Formado em Direito pela Faculdade de Direito de Marília, terra de Toffoli, Maiurino tem curso de instrução no FBI (2010) e pós graduação em Educação em Justiça Criminal, pela Universidade de Virginia, nos Estados Unidos.

Delegado desde 1998, chefiou a Interpol no Brasil, em 2009 e 2010; trabalhou como assessor de Relações Internacionais da Polícia Federal, em 2008 e 2009; e chefiou os departamentos de administração, logística, planejamento e controle na corporação. Antes, atuou na delegacia da PF em Chuí (RS).

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO