ACESSE

André Esteves deu R$ 5 mi para ser 'banqueiro do pré-sal', afirma Palocci

Telegram

Em sua delação premiada, Antonio Palocci disse que André Esteves, dono do banco BTG, deu R$ 5 milhões para cobrir custos da campanha de Dilma Rousseff à Presidência em 2010.

A contrapartida, segundo o ex-ministro da Fazenda disse a policiais federais, seria o governo do PT transformar Esteves no “banqueiro do pré-sal”.

A informação foi publicada pela Folha e confirmada por O Antagonista.

O depoimento do ex-ministro sobre o tema foi prestado há mais de um ano e serviu de ponto de partida para novas investigações.

Em outubro do ano passado, Crusoé mostrou também que Esteves, segundo Palocci, participou de operações que beneficiaram pessoalmente Lula.

Esteves não se manifestou.

O ex-ministro da Casa Civil e da Fazenda Antonio Palocci (PT) deixa o Instituto Médico Legal (IML) em Curitiba para exame de corpo de delito. Palocci foi preso temporariamente na 35ª fase da Operação Lava Jato, intitulada Omertà, que investiga indicios de relação criminosa entre o ex-ministro e a empreiteira Odebrecht

Entenda o jogo pesado de Lula para voltar à cena política. Leia mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 66 comentários