André Esteves é 13

Preso ontem pela Polícia Federal, o banqueiro André Esteves, de apenas 46 anos, é o 13º bilionário do País, com uma fortuna próxima a R$ 9 bilhões – a maior parte amealhada na gestão petista.

Se a PF e o MPF – e, claro, o Banco Central – quiserem mergulhar nas operações do BTG, vão descobrir que a instituição financeira fundada por Esteves tem sido administrada à sua imagem e semelhança. Convidado a patrocinar o plano espúrio de Delcídio Amaral, Esteves carrega um histórico de ações de socorro a amigos do PT — socorro não gratuito, é claro,

Foi assim com a Estre Ambiental, que quase quebrou meses depois de doar R$ 5 milhões para o Diretório Nacional do PT.

Foi assim com a WTorre, que não teve fôlego para concluir as obras do complexo empresarial que hoje serve de sede à Petrobras.

Foi assim com a própria Petrobras, quando precisou se desfazer dos ativos na África para reduzir o rombo financeiro deixado pela administração de José Sérgio Gabrielli.

Foi assim com a agenciadora de sondas do pré-sal Sete Brasil, uma invenção petista para garantir fonte segura e inesgotável de pixulecos para o partido.

Foi assim ao aportar milhões no grupo STR, que teve o filho de Aloizio Mercadante como um dos sócios.

Os exemplos não cabem neste post.

Faça o primeiro comentário