Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

André Mendonça evita atrito com STF e não assina recurso contra o Censo

André Mendonça evita atrito com STF e não assina recurso contra o Censo
Foto: Isac Nobrega/PR

André Mendonça não assinou o recurso apresentado ao Supremo pela Advocacia-Geral da União para derrubar a liminar que determinou a realização do Censo.

A peça foi assinada pelo número 2 de Mendonça na AGU, Fabrício da Soller, advogado-geral da União substituto, e outros auxiliares dentro do órgão.

Marco Aurélio Mello foi quem mandou o governo executar a pesquisa.

Qualquer atrito com ele, nesse momento, pode atrapalhar a relação com o STF de quem quiser ocupar sua cadeira, que ficará vaga em julho.

Nos últimos meses, o ministro tem criticado decisões do governo e arroubos de Jair Bolsonaro.

Na liminar do Censo, ele escreveu que, ao deixarem de realizar o estudo neste ano, União e IBGE ameaçam “a própria força normativa” da Constituição, que impõe o dever de organizar e manter os serviços oficiais de estatística e geografia de alcance nacional.

O recurso da AGU pede que Marco Aurélio reconsidere a decisão, de forma individual, ou submeta a questão ao plenário do Supremo. A alegação é de falta de recursos orçamentários.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO